Publicado em: 01/12/2017 VOLTAR

Brasileiros terão autorização de residência ampliada para morar em Portugal.



O ministro português de Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva diz que vê com naturalidade a ida de imigrantes para Portugal, atualmente ele diz que os brasileiros são os que mais se beneficiam com as autorizações de residência para investimentos, conhecido também como visa gold.

Fonte: Por: clique aqui para imprimir esta noticia 0 comentário
compartilhar no facebook Compartilhar
www.cartoriopostal.com.br

 O ministro português de Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva diz que vê com naturalidade a ida de imigrantes para Portugal, atualmente ele diz que os brasileiros são os que mais se beneficiam com as autorizações de residência para investimentos, conhecido também como visa gold.
“A nossa proposta no âmbito da CPLP [Comunidade dos Países de Língua Portuguesa] é que esse regime de autorização de residência anual e renovável seja atribuído não apenas em função do montante de investimento, mas em função da nacionalidade. Isso significa que um brasileiro teria autorização de residência em Portugal por ser brasileiro, seja pobre, rico, empresário ou trabalhador.”
Essa facilidade se deu porque os brasileiros são a maior comunidade estrangeira em Portugal, com 80 mil pessoas, essa imigração permite um reforço na economia do país já que muitos vão para trabalhar e investir.
O ministro também disse que existe uma proposta sendo discutida na CPLP para mudar a forma como essa autorização é concedida, atualmente é para a autorização ser concedida é preciso que se apresente certo montante de capital, a mudança é para que essa permissão seja renovável não apenas por um montante específico, e sim pela nacionalidade, assim qualquer brasileiro independente de sua condição poderá obter a autorização.
“Os visas gold contribuíram para a economia portuguesa, mas as pessoas também contribuem para a economia com o trabalho. Não é preciso ser sócio com capital para contribuir para a economia portuguesa. A nossa proposta é que a CPLP seja um espaço de circulação livre e interna, como funciona a União Europeia.”

Fonte: Por: clique aqui para imprimir esta noticia 0 comentário
compartilhar no facebook Compartilhar

DEIXE SEU COMENTÁRIO:

Ainda não temos nada digitado..
Foram encontrados 0 registros